Dupla invade casa e estupra jovem de 19 anos

0
359
Uma jovem de 19 anos foi violentada sexualmente dentro de sua própria casa, na noite da última segunda-feira, no bairro do Velame, Zona Sul de Campina Grande. De acordo com o relato da mãe da vítima, ela estava sozinha em casa, quando foi surpreendida por dois criminosos. Um deles estava encapuzado e armado com um revólver. Durante cerca de meia hora, a dupla abusou sexualmente da vítima e depois conseguiu fugir levando vários objetos da residência.
O crime ocorreu por volta das 21h40, na Avenida Juscelino Kubitschek, no bairro do Velame. A jovem de 19 anos havia chegado do treinamento de Taekwondo e realizava algumas atividades no computador que estava em um dos quartos da casa. A jovem teria deixado fechado apenas o portão principal da residência deixando a porta e um segundo portão abertos, o que facilitou a entrada dos acusados.
De forma rápida, os bandidos pularam a grade de ferro do local e entraram na casa. Com a arma de fogo e de forma bastante agressiva, a vítima foi rendida pelos criminosos que a obrigaram a entrar no quarto. “Ela contou que um deles estava armado com um revólver. Ambos eram muito agressivos, mas o que estava com capuz, evitava falar muito, acho que justamente para evitar ser identificado. Minha filha contou ainda que eles tinham aparentemente cerca de 40 anos. Eles tiraram a roupa e taparam a sua boca para evitar que os vizinhos ouvissem os gritos”, declarou a dona de casa de 35 anos, mãe da vítima.
No momento que abusavam a jovem, a sua mãe retornava da igreja. Ao abrir a porta da casa, Josefa Alves percebeu que algo de errado estava acontecendo e ainda chegou a chamar pela filha. “Eu gritei o nome dela e quem respondeu foi um deles. Ele chegou a dizer vá embora que nós estamos fugindo de outros bandidos aqui. Ainda percebi que eles juntaram as coisas que iam roubar em um lençol e o pacote estava na sala, mas saí correndo com medo pra chamar a polícia”, completou.
Quando praticaram os atos sexuais contra a jovem e conseguiram recolher a maioria dos objetos de valor que existiam dentro do imóvel, os dois bandidos fugiram a pé. Da casa, ainda conseguiram levar algumas peças de roupas, calçados, brinquedos, um aparelho de DVD, uma televisão de 21 polegadas, uma máquina fotográfica digital, dinheiro e vários produtos de beleza, já que a mãe da jovem também trabalhava como consultora de uma empresa revendedora de cosméticos.
Alguns moradores da área perceberam a fuga dos acusados e chegaram a acionar a polícia, porém os soldados da PM não conseguiram localizar os bandidos. Ainda muito nervosa, a menina compareceu a Central de Polícia Civil durante a madrugada para fazer o registro da ocorrência. Ela ainda foi levada para o hospital e em seguida para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol), onde passou por exames de corpo de delito. O caso já está sendo investigado pela Delegacia da Mulher.
Abalada, a mãe da jovem ainda confirmou que vai mudar de endereço. “Meu marido está morando no Rio de Janeiro e nós já estávamos querendo ir pra lá. O que ainda me prendia ainda aqui em Campina Grande era o próprio treinamento de  Taekwondo da minha filha, mas agora, não tenho dúvidas que vamos sair daqui o mais rápido possível”, desabafou a mãe da vítima.
Selecionamos para você

"