Campinense vence Asa por 2 a 0 e, pela 1ª vez, é campeão da Copa do Nordeste

Pela primeira vez na história do futebol, um time paraibano venceu a Copa do Nordeste. O Campinense fez 2 a 0 em cima do Asa, de Arapiraca (AL), e se consagrou campeão do Nordestão na tarde deste domingo (17). O primeiro gol foi marcado aos 2’30” do 2º tempo pelo jogador Jefferson Maranhense. Já o 2º gol foi marcado aos 34´30″, por Ricardo Maranhão. 
O jogo aconteceu no estádio Governador Ernani Sátyro, conhecido como Amigão. Todos os 19.700 ingressos foram vendidos e o estádio estava completamente lotado. Com a vitória, o Campinense alcança a cota de R$ 1 milhão, sem os descontos de ISS (Imposto sobre Serviços). As cotas foram estabelecidas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em reunião com os dirigentes dos clubes, antes do início do torneio.
Após a decisão da Copa do Nordeste, a Raposa vai participar da segunda fase do Campeonato Paraibano. No meio de semana pega o Atlético de Cajazeiras, fora de casa. Por isso, o Campinense fará uma “festa modesta”, segundo as palavras do seu presidente, Williams Simões.
Para que o elenco do Campinense pudesse descansar para a competição regional, a Federação Paraibana de Futebol resolveu adiar as primeiras partidas do time no torneio estadual.
A Raposa fez a melhor campanha, com 21 pontos assinalados, distribuídos em seis vitórias, três empates e duas derrotas. O Fantasma alvinegro fez 17 pontos, sendo cinco vitórias, dois empates e quatro derrotas.
A Raposa só dependia dela mesmo para levar a taça inédita. No primeiro confronto da final, o Campinense venceu por 2 a 1, realizada em Arapiraca no último domingo (10). A equipe rubro-negra podia até perder por 1 a 0 que já seria campeã regional. Campinense tem quatro vitórias e um empate no Amigão e não sofreu um único gol em casa.

Ficha técnica

Campinense x ASA
Local: Estádio Amigão / Campina Grande
Data: 17/03/2013 – 16h
Competição: Copa do Nordeste 2013 – Final (2º jogo)
Arbitragem: Jaílson Macêdo Freitas (ESP-CBF/Bahia)
Assistentes: Thiago Gomes Brígido (Asp. Fifa/Ceará) e Izac Márcio da Silva Oliveira (CBF/Rio Grande do Norte)
Campinense: Pantera, Tiago Granja, Anderson Rosa, Roberto Dias e Panda; Edvânio, Dedé, Glaybson e Bismarck; Zé Paulo e Jefferson Maranhense. Técnico: Oliveira Canindé Lopes
ASA: Gilson, Osmar, Fabiano, Edson Veneno e Chiquinho Baiano; Cal, Jorginho, Talysson e Didira; Vanderson (Rodrigo Dantas) e Léo Gamalho. Técnico: Leandro Campos
Selecionamos para você