NO AMIGÃO: torcedores de Treze e Campinense são presos pela Polícia Militar

A Polícia Militar precisou usar gás lacrimogêneo e balas de borracha para dispersar uma briga entre torcidas organizadas do Treze e Campinense. O confronto foi registrado minutos antes do ‘clássico dos maiorais’, nas imediações do Estádio ‘O Amigão’. Um torcedor ficou ferido e pelo menos cinco foram levados à 2ª Delegacia Regional de Polícia Civil da cidade. 
Segundo o tenente coronel do 2º Batalhão de Polícia Militar, Souza Neto, com alguns dele foram apreendidos ‘rojões’ e bolas de sinuca, que seriam atiradas contra torcedores.
“As torcidas se confrontaram e a polícia teve que agir rápido. Eles atiraram rojões uns contra os outros e as guarnições precisaram intervir. Para dispersar, gás e munição de borracha foram usadas. Fizemos também a prisão de alguns, já que eles também estavam com bolas de sinucas. Alguns deles foram socorridos porque se feriram e outros foram levados de imediato para a delegacia”, declarou. 
O Centro de Operações da Polícia Militar (Copom) registrou o caso às 16h22. Um torcedor de 20 anos foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma da cidade. (Portal Correio)
Selecionamos para você