AÇÃO RÁPIDA: acusado de matar jovem no Jeremias é preso pela Polícia Civil


Agentes da Delegacia de Homicídios em Campina Grande prenderam em flagrante, o albergado Morgan Vagner da Silva lima, 25 anos.Ele é acusado de assassinar a tiros Marcos Antônio de Sousa, de 16 anos, e ferir Luís Carlos Gabriel, de 23, na coxa e no braço.

O crime aconteceu na escadaria da Rua Santo Inácio, no Bairro do Jeremias, por volta das 11h00 da quinta-feira (07/07).

Marcos morreu na hora.

Policiais civis estavam nas imediações para entregar intimações e ainda visualizaram o assassino. Tanto é que ainda houve troca de tiros.  

A mãe de Marcos Antônio disse que chegou a escutar os disparos, mas não faz ideia do que motivou a morte do filho.


Durante as buscas a PC chegou até Morgan.

Em entrevista a Patrulha da Cidade/TV Borborema ele negou qualquer envolvimento na morte e na tentativa de morte.

“Eu não estava nem lá. Eu era muito amigo de ‘Marquinhos’. Todo mundo no Jeremias gosta mim. Eu gosto de todo mundo” disse.

O acusado é albergado da cadeia pública de Teixeira, no Sertão e disse que veio apenas visitar um filho.

A delegada Maíra Roberta, também em entrevista que concedeu a Patrulha da Cidade, disse que Marcos foi morto em virtude de ter “encarado” o acusado, porém outras situações estão sendo levantadas.

“Morgan é bastante conhecido pelo histórico. Infelizmente muitas pessoas no Jeremias o temem e não colocam ‘no papel’ outras acusações graves de homicídios contra ele. Neste caso de Marcos não há o que ele contra argumentar”. 

Com Renato Diniz

Selecionamos para você