BOMBA: Simone Zeca esquece de pedir afastamento de cargo na prefeitura e pode ter candidatura barrada em Massaranduba/PB

simone1Uma situação curiosa pode mudar o cenário político na disputa pela prefeitura da pequena cidade de Massaranduba, no Agreste do estado da Paraíba, e literalmente acabar com o sonho da atual vereadora Simone da Silva Zeca (PSC) de entrar na briga sucessória no município. Uma falha no cumprimento dos prazos de desincompatibilização dos cargos públicos pode até impedir o registro da candidatura da parlamentar que realizou convenção partidária no último dia 30 de julho.

O que pouca gente sabe é que além de ser vereadora, Simone Zeca ainda acumula cargos como funcionária estatutária do município em duas funções na Secretaria de Educação. A primeira como Professora, nomeada pela portaria 141 de 09 de fevereiro de 1992 e a segunda como Supervisora Escolar, o que confirma a portaria 960 de 02 de abril de 2008 do Gabinete do Prefeito de Massaranduba.

De acordo com as informações apuradas junto a assessoria da própria parlamentar, o fato é que, entusiasmada em entrar na disputa eleitoral, a pré-candidata acabou esquecendo de solicitar o afastamento da função de supervisora e quando percebeu a falha grave, só encaminhou ofício à Secretaria de Administração no último dia 08 de agosto, ou seja, cinco dias após o prazo limite estabelecido pela Justiça Eleitoral.

Informações extraoficiais dão conta que a assessoria jurídica da pré-candidata já trabalha para tentar criar uma justificativa legal para driblar o problema, no entanto, os próprios advogados de Simone Zeca já alertaram sobre a dificuldade que encontrarão em realizar este tipo de defesa.

No grupo político liderado pela vereadora, uma ala de lideranças também já admite a possibilidade dela ser substituída por um outro pré-candidato. Neste cenário, a pessoa mais cotada para assumir a vaga seria a Maria Leonia Soares, popularmente conhecida como Léia do Sindicato, que pertence ao Partido dos Trabalhadores (PT) e já havia sido confirmada como pré-candidata a vice-prefeita na chapa liderada pelos PSC.

Sabendo da situação complicada gerada pelo descumprimento da norma eleitoral que pode impedir o registro de sua candidatura, Simone Zeca tem evitado falar sobre o assunto e também já orientou seus assessores mais próximos a não responder nenhum tipo de questionamento.

Com menos de 10 mil eleitores, Massaranduba tem, a preço de hoje, três pré-candidaturas na disputa pela prefeitura da cidade: Simone Zeca (PSC), Joana D’arc Mendonça (PSB) que é a atual gestora e candidata a reeleição e o ex-prefeito Paulo Oliveira (PSDB). Este último, também corre contra o tempo para conseguir o registro de sua campanha, já que responde a vários processos de improbidade administrativa e considerado “Ficha Suja” pelo próprio Ministério Público do Estado Paraíba.

 FONTE: Paraíba Notícia


Assessoria de Imprensa

10/08/2016

Selecionamos para você