Assaltante linchado pela população de Juarez Távora/PB não resiste aos ferimentos e morre

Após ser detido pela Polícia Militar (PM) após realizar uma sequência de assaltos nas cidades de Ingá e Joarez Távora, Irlande Mendes da Silva, foi levado ao hospital para serem feitos os procedimentos de primeiros-socorros e, posteriormente, encaminhado para a Cadeia Pública da cidade de Alagoa Nova. Detido, o assaltante teve complicações nas lesões decorrentes da queda de uma motocicleta e do linchamento popular. Ao retornar ao hospital, o homem não resistiu aos ferimentos e acabou vindo a óbito na última quarta-feira (18).

Irlande tinha 18 anos e já respondia pelos crimes de tentativa de homicídio, lesão corporal, tráfico de drogas, roubos e diversos outros delitos, conforme denúncia apresentada pelo Ministério Público (MP). Ele chegou a ser internado, mas, após ser posto em liberdade, voltou a praticar crimes.

ENTENDA O CASO

Dois homens realizaram uma série de assaltos nas cidades de Ingá e Juarez Távora, no Agreste paraibano, na noite desta terça-feira (17). No município de Ingá, os criminosos assaltaram o Mercado Público e tentaram roubar um posto de gasolina. A guarnição A guarnição da Polícia Militar (PM) das duas cidades entrou em diligência busca dos dois homens.

Segundo informações da PM, a dupla de assaltantes estava em uma motocicleta e perderam o controle quando avistaram a polícia. O homem que estava na garupa caiu e acabou sendo capturado pela polícia e identificado como Irlande Mendes da Silva, de 18 anos e natural da cidade de Itatuba. Ele já era conhecido pelas polícias Civil e Militar por diversos outros delitos.

Populares da cidade de Juarez Távora tentaram linchar o homem, que foi preso e encaminhado para a delegacia, onde todas as providências legais irão ser tomadas.

Selecionamos para você