Damião Feliciano diz não ter rompido com o PSB, mas admite candidatura de Lígia ao governo

0
213

O deputado federal Damião Feliciano (PDT) negou nesta quinta-feira (19) rompimento com o PSB, do governador Ricardo Coutinho, mas admitiu estar trabalhando com a possibilidade de lançar Lígia Feliciano (PDT) ao governo do estado.

De acordo com o deputado, o PSB está ligado com o PDT e essa união não se desfez. “O que consta hoje é a candidatura real de João Azevedo e o estudo da candidatura de Lígia que deu passos avançados, e no momento oportuno, vamos decidir por ela”, disse.

Ainda de acordo com Feliciano, a pré-candidatura de Lígia depende de discussões com a classe política e com a população. “Vamos trabalhar em cima disso. As pesquisas que temos em mãos mostra que ela está bem. Isso é uma construção que precisa ser feita. Ninguém pode ser candidato de si próprio, quem determina é o povo, por isso que a candidatura de Lígia Feliciano tem que passar pelo crivo do povo”, pontuou.

O parlamentar ainda admitiu a possibilidade de reedição de aliança com o PSB, mas deu uma alfinetada nos socialistas ao afirmar que não entrará no jogo da troca de acusações. “Tudo é possível na política, Lígia tem um projeto, mas a decisão será do povo. A gente não solta impropérios contra o lado de lá, continua firma na luta, respeitando as pessoas. Isso não significa dizer que é sinal de fraqueza, mas de respeito para se manter o mínimo de diálogo possível”, finalizou.

Selecionamos para você

"