Projeto que institui política municipal de ciência, tecnologia e inovação será apresentado a vereadores nesta quinta

0
36

O projeto de lei que institui em Campina Grande a Política Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação será apresentado nesta quinta-feira, às 15h, aos integrantes do poder legislativo, imprensa e sociedade pelo vereador Lucas Ribeiro (Progressistas), explicando a matéria artigo a artigo, apontando seus destaques e dirimindo dúvidas eventuais antes de sua votação pelo plenário da Casa de Félix Araújo.

Responsável pelo projeto, Lucas explicou que o texto que será apresentado nesta quinta é fruto de um trabalho que durou cerca de um ano e foi produzido a várias mãos, com a colaboração direta de especialistas no segmento ligados a instituições do setor, sobretudo as universidades, e passou, inclusive, pelo crivo de uma audiência pública na própria Câmara de Vereadores.

O projeto, por isso mesmo, esmiúça a estrutura da Política Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, incluindo seus objetivos, as ferramentas que serão utilizadas, sua composição, a origem e destinação de recursos e as ações para buscar garantir que esta se torne uma iniciativa permanente em Campina Grande, sem interrupções provocadas pelas circunstâncias políticas de cada momento.

A lei criará o Sistema Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação, assim como o Conselho Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação e, ainda, um conselho consultivo, além de estabelecer um fundo de fomento à inovação tecnológica em Campina Grande, ajudando a promover, inclusive, atividades de pesquisa aplicada de impacto direto sobre o cotidiano da cidade e estimulando atividades inteiramente conectadas ao perfil do município.

“Campina Grande é uma cidade que tem forte vocação para ciência, tecnologia e inovação. Seu perfil social e acadêmico, a riqueza do material humano qualificado que possui, a expertise já existente, sua condição de polo tecnológico diferenciado, essas qualidades, enfim, são reais e representam um potencial ainda com grande capacidade de ser explorado, e isso para o bem de toda população”, comentou Lucas Ribeiro.

Da Assessoria de Comunicação

Selecionamos para você