Reitor da UEPB admite dívida com PBPrev e diz que só pode pagar se governo repassar duodécimo

0
88

A polêmica entre a Universidade Estadual da Paraíba e o governo do Estado chegou às vias judiciais e o reitor da Universidade, Rangel Júnior, admitiu em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM, nesta quarta-feira (11), que existe a dívida de mais de R$ 4,5 milhões para a PBPrev, mas rebateu afirmando que não recebeu repasses do Governo Estadual.

Com a dívida na PBPrev, o Governo do Estado corre o risco de perder o certificado de regularidade previdenciário por conta do não pagamento.

“Não recolhemos”, admitiu acrescentando que ingressou há quase dois meses com uma ação na Justiça para garantir que o governo repasse à UEPB o repasse do duodécimo que chega a R$ 27 milhões.

Questionado se não seria uma prestação de contas por conta própria, o reitor continuou apontando que a questão da PBPrev é apenas a ponta do iceberg, pois a UEPB e Estado também estariam inadimplentes com a Receita Federal e INSS.

“Estou tranquilo com relação a isso. A UEPB e sua reitoria está tranqüila. Não cometemos nenhum ato irregular de caso pensado, mas não podemos pagar aquilo que o governo não deu. A autonomia é de faxada”, finalizou.

Da Redação com o paraiba.com.br

Selecionamos para você