Câmara de Cabedelo/PB pode suspender direitos políticos de Leto Viana, prefeito afastado da cidade

0
40
Leto Viana, prefeito afastado de Cabedelo. (Foto: Bruno Lira/MaisPB)

A Câmara Municipal de Cabedelo pode votar, na próxima semana, a suspensão dos direitos políticos do ex-prefeito Leto Viana (PRP). A informação é do presidente da comissão processante, vereador Evilásio Cavalcante. A comissão processante que é composta pelos vereadores Evilásio Cavalcanti (MDB), Benone Bernardo (PRP) e Jonas Pequeno (PSDB).

Segundo ele, o parecer da comissão foi pela suspensão dos direitos políticos do ex-gestor. Ele informou que o relatório já foi encaminhado á presidência da Câmara e aguarda que a matéria seja apreciada, em plenário, na próxima quarta-feira.

De acordo com ele, a tendência é que os parlamentares cabedelenses sigam o relatório e, de forma unânime, cassem os direitos políticos de Leto.
Leto é alvo do processo após ser denunciado na Operação Xeque-Mate, da Polícia Federal, que investiga políticos e servidores em complexo esquema de corrupção no município.

O ex-gestor renunciou ao mandato no dia 16 de outubro, dois dias antes da data anunciada como prazo de conclusão do trabalho da Comissão Processante. Leto Viana segue preso na sede do 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM), por ter curso superior.

SóPB

Selecionamos para você