Pai e filho podem ter planejado tentativa de assassinato no Luíza Motta em CG, afirma PM

Foto: Franklin Alves

A informação confirmada pela Polícia Militar é de que os principais suspeitos da tentativa de assassinato ocorrida no início da tarde desta segunda-feira (14), em frente ao Shopping Luíza Motta, em Campina Grande, são dois homens, que seriam pai e filho.

O mototaxista José Tiago da Silva, de 30 anos, morador da rua Padre Anchieta, próximo ao local do crime, estava no ponto em que trabalha há pelo menos 10 anos, quando foi surpreendido pelos dois homens em uma motocicleta, que efetuaram três disparos, acertando a vítima. O crime aconteceu a menos de 200 metros da base da Rotam da Polícia Militar.

Ao serem acionados, os policiais iniciaram a perseguição dos suspeitos, que conseguiram fugir. A moto pôde ser identificada pela polícia, que já iniciou as investigações e faz rondas para localizá-los. O motivo do atentado teria sido uma rixa familiar.

José Tiago foi socorrido para o Hospital de Trauma de Campina Grande e se encontra em estado grave.

Veja mais detalhes nos vídeos abaixo:

 

Por Toni Moraes | @moraestoni

Selecionamos para você