Prefeito de Pedra Lavrada/PB culpa a falta de repasses pelos atrasos salariais, e diz que vai pagar a folha de Dezembro parcelada

O município de Pedra Lavrada amanheceu com faixas em diversos pontos, cobrando do prefeito Jarbas Melo(PSD), que pague os salários referentes a Dezembro do ano passado. Segundo informações dos representantes da categoria, além dos servidores, o prefeito ainda não pagou os professores. A promessa, segundo servidores, que ele fez uma rádio no município era de que todos os salários atrasados seriam pagos no dia 10, mas até o presente momento não aconteceu.

A reportagem entrou em contato com Jarbas, que culpou a falta dos repasses federais pelos atrasos. O gestor reconheceu os 14 dias de atraso do magistério,e quatro dias dos servidores efetivos, visto que este último os salários são pagos no dia 10 de cada mês. O prefeito diz que conseguiu pagar o 13º de todas as categorias, incluindo aposentados e pensionistas. “E infelizmente com essa queda de receita, que os municípios vem passando, não foi possível honrar a folha de Dezembro”, lamentou.

Como forma de protesto, representantes dos servidores espalharam faixas em vários pontos do município

Jarbas foi indagado se há uma previsão de quando os salários serão pagos, e sobre essa pergunta ele foi enfático: “Pra dizer para você(repórter do Se Liga PB) uma data certa, nós não temos. Infelizmente os recursos não estão dando para cobrir as despesas do município, e minha intenção é pagar, porque é um direito deles”, desabafou o gestor. Segundo o gestor há um certo “exagero” com toda a situação, e diz que foi marcada uma reunião com o sindicato que representa os servidores para esta segunda-feira(14), mas que nenhum representante compareceu.

“Eu vejo mais como um ato político. Não estou discriminando, até porque eles têm direito sim de reclamar dos seus salários, têm direito de colocar as faixas, desde cobrar. Achei apenas um exagero”, completa. “Nem sentaram para conversar, preferem fazer um ato dessa natureza”, salientou, afirmando que não tem como dar uma previsão de honrar com os salários, e relembra que na passagem de 2017 para 2018 passou pela mesma situação. “Tive uma grande dificuldade para honrar com as duas folhas no mês de Dezembro, e foi preciso dividir. E o caminho vai ser esse, sentar com o sindicato, achar uma melhor forma e dividir a folha de dezembro”, finalizou o prefeito Jarbas Melo.

Após a repercussão, algumas faixas já foram retiradas.

Da Redação com Se Liga PB

Selecionamos para você