Barbosa sai em defesa de secretários da gestão João: “não há nenhuma manifestação concreta da justiça na direção de punição dos auxiliares”

 

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Barbosa (PSB), voltou a se manifestar em defesa dos secretários de Estado que estão sendo investigados pelo Ministério Público, respectivamente Waldson Souza e Livânia Farias, Planejamento e Administração. Em plenário, na manhã desta sexta-feira (15), ele disse que os gestores não devem ser afastados das suas pastas.

“Não há nada de flagrante de participação do governo em irregularidades. A operação investiga irregularidades da execução dos contratos com a Cruz Vermelha e houve citação com busca e apreensão, mas até agora não há nenhuma manifestação concreta da justiça na direção de punição dos auxiliares do governo”, ressaltou.

Ele afirmou que o governador João Azevedo (PSB) vai esperar a conclusão das investigações, pois é dado ao cidadão, em qualquer circunstância, o direito de defesa, observando que o chefe do Executivo estadual não vai punir antecipadamente. “Há um processo de investigação que não foi concluído nada até agora. Quando isso ocorrer, o governo pronunciará e agirá”, destacou.

Por fim, ele enfatizou que João Azevêdo está tranquilo, cumprindo sua agenda administrativa, captando recursos para o Estado e mantendo ações inerentes às suas funções. “O governador se encontra hoje no Maranhão, ontem esteve em Brasília/DF, onde assinou um importante convênio para liberação de milhões de dólares a serem destinados a execução de obras na zona rural do Estado. Portanto, o governo está firme e forte”, salientou.

 

(Com informações do Blog do Ninja)

Selecionamos para você