Virgolino denuncia jornalistas que ocupam cargos na Assembléia Legislativa e não dão expediente

O deputado estadual Wallber Virgolino (Patr) fez uma postagem em suas redes sociais denunciando profissionais da imprensa que recebem dinheiro dos órgãos sem cumprir expediente. O parlamentar ainda pede que sejam instalados pontos eletrônicos não só para os deputados e servidores, mas também para os jornalistas que recebem verbas da Assembleia Legislativa.

“E você paraibano (a), o que acha desses “toqueiros/boleiros” travestidos de jornalistas/radialistas que recebem dinheiro público para cumprirem expediente com a função direta de denegrirem a imagem de homens de bem e colocarem a áurea da honestidade em políticos corruptos? O que vocês acham do alto patrimônio desses “profissionais” que não correspondem ao que recebem de suas profissões? O que vocês acham que filhos e esposas recebam dinheiro público sem pisarem o pé nos órgãos que os remuneram?”, questiona o deputado.

Ainda de acordo com Wallber, a imprensa é a arte da informação e, por isso, não pode ser deturpada por interesses pessoais, politiqueiros e financeiros. “Sabemos que é uma minoria, pois a maioria da imprensa honra o mister. O GAECO está de olho. Vem aí a Lava Imprensa”, finaliza Virgolino.

Selecionamos para você