Atlético-PR marca no início e bate o Bahia e volta a vencer no Brasileirão

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHA PRESS) – Depois de dois tropeços, o Atlético-PR voltou a vencer no Campeonato Brasileiro.

O time recebeu a visita do Bahia na Arena da Baixada neste domingo (12) e fez a lição de casa ao vencer por 1 a 0, com gol de Rony, anotado aos 10 minutos do primeiro tempo.

O Atlético entrou em campo com força máxima e rapidamente tomou conta do jogo. Com Rony inspirado, o time abriu o placar logo aos 10 minutos. Melhor em campo, a equipe ficou mais perto do segundo gol e voltou a balançar as redes com Rony, mas o árbitro marcou impedimento no início da jogada. O Bahia melhorou apenas na segunda etapa, quando passou a marcar pressão e finalizar mais a gol.

Com o resultado, o Atlético chegou aos sete pontos e assumiu a sexta colocação do Brasileirão. Agora, a equipe do técnico Tiago Nunes volta suas atenções para a Copa do Brasil.

O time visita o Fortaleza, na quinta-feira (16), na primeira partida das oitavas de final. Já o Bahia estacionou nos seis pontos e caiu para a oitava colocação. O time volta a campo somente no domingo (19), contra o São Paulo, pelo Brasileirão.

O Atlético atuou pela Libertadores no meio da semana e foi derrotado pelo Boca Juniors. Com pouco tempo para se preparar, o clube precisou treinar na última sexta-feira ainda na Argentina.

Com o cansaço dos jogadores e um jogo da Copa do Brasil em vista, o técnico Tiago Nunes dava indícios de que iria entrar com time reserva, mas surpreendeu e colocou alguns de seus principais atletas, como Renan Lodi, Rony, Marco Ruben e Bruno Guimarães.

O Atlético viu o Bahia marcar pressão nos minutos iniciais do duelo, mas logo encaixou seu característico jogo de velocidade e dominou praticamente todo o primeiro tempo.

Com Rony muito bem, o time abusou de jogadas laterais e encontrou espaços para jogar. Superior na partida, Rony abriu o placar após aproveitar rebote do goleiro Douglas, que fez bela defesa em chute de Marco Ruben.

Na volta do intervalo, o Bahia voltou com outro ritmo e rapidamente passou a incomodar o rival. Com o Atlético mais recuado e esperando um contra-ataque para matar o jogo, os baianos finalizaram bem com Fernandão, mas Santos apareceu para salvar os donos da casa.

O cansaço dos jogadores do time paranaense passou a ficar evidente, e o Bahia tentou aproveitar. Gilberto entrou no lugar de Fernandão, e Élber substituiu Rogério, dando fôlego novo ao ataque. A defesa do Atlético, mesmo com o cansaço, não voltou a dar espaços.

ATHLETICO-PR
Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi (Márcio Azevedo); Erick, Léo Cittadini (Lucho González), Bruno Guimarães e Nikão; Rony (Marcelo Cirino) e Marco Ruben
T.: Tiago Nunes

BAHIA
Douglas; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Ernando e Paulinho; Douglas e Gregore; Ramires (Shaylon); Artur, Rogério (Élber) e Fernandão (Gilberto)
T.: Roger Machado

Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Daniel Henrique da Silva Andrade (DF)
Cartões amarelos: Erick e Renan Lodi (Athletico); Paulinho, Gregore e Nino Paraíba (Bahia)
Gol: Rony aos 10 minutos do primeiro tempo (Athletico)

Da Redação com Informações do Paraíba Online.
Selecionamos para você