MAP abre exposição ‘Jackson é 100, Jackson é Pop’, em Campina Grande/PB

O Museu de Arte Popular da Paraíba (MAP), também conhecido como Museu dos Três Pandeiros, inaugurou nesta quinta-feira (20) a exposição ‘Jackson é 100, Jackson é Pop’, que faz uma homenagem ao centenário do cantor, compositor e ator Jackson do Pandeiro.

A exposição é uma versão livre da vida e obra do artista e apresenta mais de 300 itens. Na exposição estão ainda trabalhos inéditos, a exemplo das músicas ‘Adeus Pandeiro’ e ‘Chico Bendegó’. Jackson do Pandeiro é um dos homenageados do Maior São João do Mundo 2019, evento que neste ano será realizado até o dia 7 de julho.

A proposta da exposição é contar a história completa de Jackson, através de peças dinâmicas e interativas, adotando elementos gráficos, poéticos, iconográficos, sonoras e fílmes que buscam traduzir toda a importância que o paraibano teve para música brasileira.

A exposição gratuita  será mantida no MAP até maio de 2020 e vai contar com um evento especial, em agosto deste ano, mês do nascimento do cantor. O MAP fica às margens do açude velho e, neste São João, tem um horário especial de funcionamento, da terça-feira ao domingo das 9h às 20h.

Selecionamos para você