“Ele acha que é dono de mim”, diz mulher queimada com cigarro por ex-marido em João Pessoa/PB

Vítima, de 48 anos, foi socorrida por vizinhos que chamaram a polícia, na noite dessa terça-feira (13).
Um homem, de 32 anos, foi preso suspeito de agredir a ex-mulher na noite dessa terça-feira (13), no bairro da Torre, em João Pessoa.
A vítima, de 48 anos, foi socorrida por vizinhos que chamaram a polícia. A mulher foi encontrada com queimaduras provocadas por cigarro e disse ter sido ameaçada com uma faca pelo ex-marido, após ele invadir a casa.
Na delegacia, ela ainda informou que não é a primeira vez que sofreu agressão. “São oito anos de sofrimento, oito anos de pau. Eu tenho fotos que comprovam o que ele fez comigo em dezembro, espancou bastante a minha cara que até sangrou o nariz e ouvido, mas eu avisei a ele que a próxima vez eu não iria deixar barato, por isso estou aqui”, disse em entrevista à TV Tambaú.
Em depoimento, a mulher revelou que decidiu terminar o casamento por causa do comportamento agressivo do ex-marido, mas segundo ela, o homem não aceitou o fim da relação. “Ele está com outra e já estamos separados, mas ele acha que é dono de mim, que eu sou objeto. Eu cansei”, contou.
A Delegacia da Mulher recebeu a denúncia da vítima e prendeu o suspeito, que está encarcerado na Central de Polícia.

Selecionamos para você