Padrasto que era suspeito de espancar criança é assassinado a tiros em Rio Tinto/PB

Reprodução

O homem, identificado como Jailson, foi morto com três tiros nas costas na manhã deste sábado (24) em Rio Tinto/PB, que fica no Litoral Norte do estado. Ele era suspeito de ter espancado uma criança de dois anos, filho de uma mulher com quem um relacionamento amoroso era mantido.

As agressões foram tão graves que o menino precisou ser internado no Hospital de Trauma da capital paraibana. Mesmo com as suspeitas dele ter espancado o garoto, as acusações foram negadas por ele. A mãe foi liberada após prestar depoimento.

Jailson acabou sendo assassinado no bairro Vila Regina, chegou a receber atendimento médico em Mamanguape, mas acabou vindo a óbito. De acordo com testemunhas, dois homens em uma moto teriam realizado os disparos e depois fugiram tomando destino ignorado. Até o momento, ninguém foi preso pelas autoridades de Rio Tinto.

LEIA MAIS

Massaranduba/PB: após matar o próprio marido, mulher dormiu com arma do crime escondida embaixo da cama, diz polícia

Selecionamos para você