Torcedor do Belo morre após confronto no RN e time cobra esclarecimentos

Um torcedor do Botafogo-PB morreu, na noite desse sábado (11), em Ceará-Mirim, na Grande Natal. Ele estava na cidade para acompanhar o jogo do Belo contra o Globo-RN pela Série C do Campeonato Brasileiro. O time paraibano venceu a partida por 3 a 0.

A informação repassada pelo Hospital Municipal Percílio Alves diz que o torcedor teria falecido por overdose de drogas ilícitas, mas o atestado de óbito também revela que ele foi espancado.

Videos que circulam em grupos de WhatsApp mostram um confronto entre torcedores do time paraibano com policiais militares antes da partida, no estádio Barretão. Amigos da vítima disseram que ele foi espancado pelos PMs.

Nas imagens, torcedores do Botafogo aparecem pulando um dos muros do estádio.

O Botafogo da Paraíba, através das redes sociais, lamentou o ocorrido e cobrou esclarecimentos das autoridades.

“O Botafogo se solidariza com amigos e familiares à medida em que cobra esclarecimentos das autoridades sobre a morte do torcedor”, diz a nota.

Um grupo de torcedores do Botafogo-PB teria invadido o estádio e pulado o muro para assistir à partida contra o Globo. As forças policiais presentes no estádio teriam utilizado a força e balas de borracha para conter a invasão.

Nota de pesar

O Botafogo Futebol Clube vem a público lamentar profundamente a morte do torcedor Eduardo Feliciano Justino da Silva, 27 anos, em Ceará-Mirim, Rio Grande do Norte.

O clube foi informado que o torcedor foi acompanhar o Belo no estado vizinho e morreu em um hospital de Ceará-Mirim após ser socorrido pelo Samu até a unidade.

O Botafogo se solidariza com amigos e familiares à medida em que cobra esclarecimentos das autoridades sobre a morte do torcedor.

Atenciosamente,

Botafogo F.C.

Redação

Selecionamos para você