Apreensão de produtos vencidos na Feira da Prata em CG pode chegar a dez toneladas

Este slideshow necessita de JavaScript.

Pode chegar a dez toneladas o volume de produtos apreendidos na Feira da Prata, em Campina Grande, durante a Operação Feira Legal, realizada na manhã deste domingo (22). As informações são do Procon do município. Até o final da manhã, mais de seis toneladas de produtos vencidos já haviam sido contabilizadas.

Segundo o coordenador executivo do Procon de Campina Grande, Rivaldo Rodrigues, a ação integrada que culminou hoje com essa grande apreensão está se desenvolvendo há mais de dois meses.

“Há mais de 60 dias recebemos da Vigilância Sanitária do município inúmeras denúncias de que havia o comércio de produtos vencidos e adulterados na Feira da Prata. A partir daí o Procon realizou várias diligências no intuito de confirmar se as denúncias eram verdadeiras. Confirmados os indícios, reunimos a Gevisa e as Polícias Militar e Civil para montar essa grande operação. O que chamou a atenção da fiscalização foi a camuflagem, não só da data de vencimento dos produtos comercializados, mas dos comerciantes. Muitas barracas simples tinham por trás grandes depósitos, sortidos com produtos impróprios para o consumo humano. Por isso, além da apreensão de mercadoria, houve também detenções por parte das polícias”, explicou Rivaldo.

Os produtos apreendidos e que ficaram sob custódia da GEVISA serão incinerados e os responsáveis terão de dar explicações à polícia.

ClickPB

 

Selecionamos para você