Briga durante partida de pôquer pode ter motivado assassinato em CG, diz PM

Acusado foi capturado em pousada de Cajazeiras

Durante entrevista concedida agora há pouco, na rádio Arapuan FM 107,3 de Campina Grande, o Major Terceiro – comandante do 6 Batalhão de Polícia Militar – sediado em Cajazeiras, no Serão do estado, confirmou que Rudson Dias de Araújo, de 31 anos (foto) foi detido em uma pousada nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira.

Ele confessou ter assassinado o próprio amigo, Guilherme Gregório Costa Brito, que tinha 33 anos.

Segundo o acusado, o crime ocorreu após uma briga durante uma partida de pôquer na noite da última terça-feira, na casa onde vítima e acusado moravam, na Rua Arquimedes Souto Maior no bairro Palmeira, Zona Norte de Campina Grande.

Guilherme foi morto por um golpe de faca e o corpo ainda apresentava sinais de estrangulamento. O corpo do rapaz foi encontrado no final da tarde desta quarta-feira.

Após o delito, o acusado fugiu no próprio carro da vítima – um Toyota Etus de cor branca – que foi apreendido em poder de Rudson Dias, na cidade de Cajazeiras.

O acusado está sendo ouvido na Delegacia de Homicídios local e deverá ser encaminhado, na tarde desta quinta-feira, para Campina Grande.

Corpo de vítima foi encontrado na tarde desta quarta (11)
Selecionamos para você