Eduardo Bolsonaro diz que ‘seu instinto’ é de que já tem votos para ser aprovado para embaixada nos EUA

Reprodução

O deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) disse estar “confiante” de que seria aprovado pelo Senado para a Embaixada do Brasil nos Estados Unidos caso a sabatina fosse hoje. O filho do presidente Jair Bolsonaro disse não ter contado os votos, mas que “seu faro” sugere uma aceitação de senadores que não declararam votos.

”Acredito que se (a sabatina) fosse hoje, eu conseguiria a aprovação. Estou confiante. Eu não contei os votos, mas meu instinto, meu faro, e a conversa que estou tendo com os senadores têm sido positiva, inclusive de senadores que não declararam votos, aqueles neutros e indecisos”, declarou.

O presidente ainda não efetivou a indicação do filho para a embaixada em Washington porque espera ter “segurança” de que terá os votos necessários antes. Durante um almoço com jornalistas, Bolsonaro sugeriu que só indicará o deputado após a viagem para a Organização das Nações Unidas (ONU), dia 24 de setembro, em Nova York.

Eduardo Bolsonaro afirmou que pretende acompanhar o pai a Nova York. Ao GLOBO, ele disse que não quer antecipar a data da indicação porque qualquer mudança poderia ser interpretada como um “recuo”.

*Com informações do jornal O Globo.

Selecionamos para você