Homem esfaqueou dono de bar em CG porque queria gravação com imagens de batida entre carros

O suspeito de esfaquear o dono de um bar no bairro das Malvinas, em Campina Grande, na madrugada desta sexta-feira (13), teria cometido o crime porque queria as imagens do vídeo que mostrasse uma batida entre carros. O homem queria saber quem teria batido em seu veículo.

De acordo com o relato feito por testemunhas à polícia, o suspeito iniciou a confusão porque não se conformava em não ter acesso às imagens. Ainda segundo os depoimentos, o dono do espetinho alegou que não tinha como ceder o vídeo porque a transmissão que fazia era em tempo real e as câmeras não deixavam nada gravado.

Após a discussão, o suspeito retornou ao local e esfaqueou a vítima que está internada em estado grave no Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande. Ele foi preso e está na Central de Polícia onde ficará aguardando audiência de custódia para saber se responde ao crime em liberdade ou se será encaminhando para algum presídio.

Com informações do Click PB
Selecionamos para você