Julian Lemos duvida que Bolsonaro deixe o PSL e defende estabilidade do partido na Paraíba

O deputado federal Julian Lemos disse, na tarde desta quarta-feira (9), que não acredita na saída de Jair Bolsonaro do PSL (Partido Social Liberal). Atualmente dirigente da legenda na Paraíba, o parlamentar paraibano disse que ouviu do presidente que ele não sairá do partido.

Nesta quarta-feira (9), circulou no site da revista Veja que Bolsonaro teria dito à cúpula do PSL que deixará o partido. Julian informou ao ClickPB não saber de onde partiu essa informação, e reforçou que o presidente fica na legenda, onde está há menos de dois anos, depois de sua saída do PP (Progressistas) e quase entrada no Patriotas (antigo PEN).

Perguntado sobre a declaração de Bolsonaro ao site O Antagonista, de que o PSL “tem que funcionar” nos diretórios estaduais, Julian Lemos declarou ao ClickPB que na Paraíba “o partido tem presidente, está funcionando.”

A declaração de Bolsonaro ao O Antagonista foi dada nesta quarta-feira após a repercussão de sua fala a um militante do PSL de Pernambuco, que gravou vídeo com o presidente em Brasília, gritando nome de Bivar. Bolsonaro alertou o rapaz que não postasse o vídeo e que Bivar estava “queimado” no estado pernambucano.

Com informações do Click PB

Selecionamos para você