Irritado com insultos racistas, Balotelli chuta a bola na torcida e ameaça deixar gramado

No final do jogo, ele ainda marcou um golaço, de fora da área, na derrota do seu time por 2 a 1. (Foto: Reprodução)

O atacante Mario Balotelli, do Brescia, da Itália, ameaçou deixar o gramado, durante a partida em que seu time foi derrotado pelo Hellas Verona, fora de casa, por 2 a 1, pelo Campeonato Italiano, após sofrer insultos racistas. A partida, na manhã deste domingo (3), ficou interrompida por alguns minutos, após o fato.

Aos 10 minutos do segundo tempo, Brescia estava no ataque e a bola com Balotelli, próxima à linha de fundo. O jogador, que protegia a bola, ouviu gritos racistas da torcida. Enfurecido, ele pegou a bola e chutou em direção dos torcedores. Na sequência, decidiu deixar o gramado.

O atacante acabou convencido por seus companheiros de time e até por alguns adversários, e voltou ao campo. Ele ainda marcou um gol nos minutos finais, que não evitou a derrota do Brescia.

Superesportes

Selecionamos para você