Polícia Civil prende cinco em operação que desmantelou casa de jogos de azar e laboratório de drogas em CG

Presos na operação — Foto: Reprodução / PC / Edição: Blog do MR

Uma operação desencadeada na manhã desta quinta-feira (28) pela Polícia Civil através da Delegacia Especializada de Crimes Contra o Patrimônio de Campina Grande visando cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão. Na ação, uma casa de jogos de azar no Centro foi desmantelada e um homem foi preso e, no bairro do Jeremias, um laboratório clandestino de drogas foi desativado onde mais quatro suspeitos foram presos em flagrante.

Na primeira ação, segundo a polícia, foram apreendidas 12 máquinas caça-níquéis e preso Antônio Marcos da Silva, conhecido como Tony por exploração de jogos de azar.

Antônio Marcos da Silva foi preso com 12 máquinas de jogos de azar — Foto: Reprodução/PC

Os presos por tráfico foram Derlayne Pereira dos Santos, Paulo Ezequias Borgues, James Carlos Marcolino, naturais da cidade de Santo André, no interior de São Paulo, e João Henrique Nunes da Costa, que já era investigado por roubos e furtos em Campina Grande. Com eles, a polícia encontrou cerca de 3,5 quilos de pasta base de cocaína, 20 litros de uma substância química para industrialização de drogas, cerca de meio quilo de maconha, uma balança de precisão, prensa mecânica e outros objetos utilizados para fabricação e venda ilegal de drogas.

Ainda de acordo com a polícia, James Carlos Marcolino se apresentou como ex-jogador de futebol profissional no Estado de São Paulo e já havia sido preso por tráfico de drogas em Santo André.

Materiais apreendidos no laboratório do tráfico — Foto: Reprodução / PC

Os presos encontram na carceragem da Central de Polícia e serão encaminhados ao Judiciário para Audiência de Custódia.

Redação

Selecionamos para você