Polícia prende foragido que integrou quadrilha acusada de assaltar e explodir escritório de posto de gasolina em Campina Grande/PB

Francisco Júnior Andrade Ferreira foi preso no bairro das Malvinas — Foto: Divulgação / Polícia Civil

A Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Crimes Contra o Patrimônio de Campina Grande (DRF-CG) prendeu no final da tarde deste domingo (1º) um jovem de 21 anos que estava foragido desde setembro desse ano. Ele é acusado de integrar uma quadrilha que assaltou e explodiu o escritório de um posto de gasolina no Portal Sudoeste, em Campina Grande, em fevereiro do ano passado.

Francisco Júnior Andrade Ferreira, conhecido como Juninho, foi preso no bairro das Malvinas, na Zona Oeste de Campina Grande. Ele era considerado foragido, desde a deflagração da Operação Vanitas, em setembro deste ano que prendeu os demais integrantes da quadrilha.

Josenildo Augusto da Silva está sendo procurado pela Polícia — Divulgação / Polícia Civil

Agora, dos dez suspeitos identificados apenas um está foragido. Josenildo Augusto da Silva está sendo procurado pela Polícia.

Juninho foi encaminhado à Central de Polícia e deve ser apresentado nesta segunda-feira (2) para a Audiência de Custódia.

O preso é acusado de integrar uma quadrilha que assaltou e explodiu o escritório de um posto de gasolina no Portal Sudoeste, em Campina Grande, em fevereiro do ano passado — Foto: Reprodução

O preso encontra-se recolhido na Central de Polícia e será apresentado ao Judiciário amanhã para Audiência de Custódia. Com esta prisão, a DRF-CG chega a 251 prisões, apreensões de menores e cumprimentos de mandados de prisão apenas em 2019.

Redação

Selecionamos para você